FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS
BUSCA NO SITE
TEMPO
Notícia

SENAR atende mais de 150 pessoas no Programa Saúde da Mulher e do Homem Rural em Barrolândia.

28/11/2017 18h41

Criado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) para promover a saúde das famílias rurais em comunidades carentes, o programa Saúde da mulher e do homem Rural tem conseguido alcançar marcas importantes de atendimento. Nesta segunda, 27, o SENAR realizou durante todo o dia palestras e exames preventivos na cidade de Barrolândia para mais de 150 produtores rurais.

O câncer do colo do útero é o terceiro mais frequente na população feminina, e a quarta causa de morte de mulheres pela doença no Brasil. Já o câncer de próstata é o segundo mais comum tipo de câncer entre os homens brasileiros. Em geral, a doença se manifesta de maneira lenta e pode não apresentar sintomas, por isso, quanto mais cedo for detectada e tratada, há mais chances de cura.

Dessa forma, o Programa trabalha com ações de conscientização, atendimentos, prevenção e diagnóstico do câncer do colo do útero e de próstata em comunidades carentes e rurais. Os resultados dos exames são divulgados à comunidade atendida em aproximadamente 15 dias. As pessoas atendidas e que tenham apresentado suspeita da doença são encaminhadas aos órgãos de assistência para tratamento específico.

O Presidente do Sindicato Rural de Barrolândia, Cleiton Marinho, agradeceu a parceria com o SENAR e seus cuidados com homem do campo, “É emocionante e gratificante ver a alegria estampada no rosto de cada um. ” Concluiu o presidente.

A presidente do sistema FAET/SENAR, Senadora Kátia Abreu, reafirmou que o objetivo principal desta ação é estimular os cuidados com a prevenção de doenças nas famílias rurais. A nossa preocupação é reduzir o número de vítimas do câncer, por isso é preciso chamar a atenção para o diagnóstico precoce da doença e incentivar a cada dia a prevenção.

Assessoria de comunicação FAET/SENAR
28 de novembro de 2017



   
  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.